A aplicação móvel Agora nasceu em Barcelona, em Espanha, com o objetivo de democratizar a fotografia por todo o planeta. No passado dia 3 de janeiro, desafiou fotógrafos profissionais e amadores de todo o mundo a retratar o amor em troca de prémios que vão dos 1.000 aos 25.000 dólares, entre 923 e 23.000 euros. Foram apresentadas ao concurso #Love2020 um total de 11. 823 fotografias, uma delas tiradas em Portugal. O júri já anunciou os finalistas.

Tirada com um drone na praia de Peniche pela imigrante portuguesa Ksenia Zaiets, uma caligrafista apaixonada por Portugal, para onde se mudou com o marido, é uma das candidatas à vitória. "Esta foto mostra o quão forte pode ser o amor entre duas pessoas", garante a designer. Fotógrafos de todos os continentes, culturas e religiões mostraram, através das imagens que submeteram ao certame, o que o amor significa para eles através das suas lentes.

São cenas ternurentas e encantadoras, como pode comprovar na galeria de imagens que se segue. Muitas das fotografias finalistas envolvem, para além de casais apaixonados, retratos de famílias, de donos de animais e até de animais, tiradas um pouco por todo o mundo. A etapa final do escrutínio ainda está a decorrer. Os interessados podem votar na sua favorita, através da aplicação durante as próximas horas. O vencedor será anunciado amanhã, 18 de fevereiro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.