O diretor do hospital regional São Francisco de Assis, Evandro Monteiro, disse à Inforpress que o ato de hoje, além de marcar a abertura do “espaço de otorrino muito bem equipado”, visa também prestar tributo ao especialista que doou os equipamentos, permitindo assim a estrutura de saúde prestar doravante serviço na área de otorrinolaringologia.

Segundo a mesma fonte, o espaço está equipado com um aparelho audiómetro (uma cabine audiométrica) e com todas as ferramentas cirúrgicas, passando o hospital a dispor de condições para prestação de um serviço de qualidade e por isso, como forma de reconhecimento, vai prestar uma homenagem e de agradecimento ao doador.

Por outro lado, desde a passada segunda-feira, 05, e no quadro das parcerias que o hospital tem com médicos e associações internacionais, nomeadamente de Itália, encontram-se na ilha dois especialistas italianos, um gastrenterologista/endoscopia e um otorrino para apoiar o hospital nas respetivas áreas de especialidades com atendimento aos pacientes, e que vão participar na cerimónia de homenagem ao especialista italiano que doou os equipamentos de otorrino.

Além da abertura do serviço de otorrino e tributo ao doador, a direção do hospital tem agendado para esta sexta-feira, no auditório padre Pio Gottin, a apresentação de alguns projetos ligados ao desenvolvimento do próprio hospital a associações parceiras e amigos italianos.