O número de óbitos permanece inalterado, com 11 mortes, e há mais seis casos de recuperação, elevando o total para 602 recuperados.

Até hoje, foram testados em Moçambique 54.081 casos suspeitos.

Das 19 novas infeções hoje anunciadas, a maioria está perto da capital: sete foram registadas da Província de Maputo, outras sete na Cidade de Maputo.

Houve ainda dois novos casos em Cabo Delgado - a região com maior número acumulado de infetados, 441 - e três em Sofala.

"Moçambique conta com um cumulativo de 43 indivíduos internados devido a Covid-19. Destes, 10 estão sob cuidados médicos em centros de isolamento", acrescenta-se no comunicado de hoje do Ministério da Saúde.

Todos os internados "padecem de patologias crónicas diversas, associadas à Covid-19".

O país tem atualmente 1.105 casos ativos de Covid-19, registando-se o maior número da Cidade de Maputo, com 249, seguindo-se Cabo Delgado (234), Província de Maputo (216) e Nampula (209).

As restantes sete províncias têm registos muito inferiores, com 19 a 53 casos, cada uma.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 654 mil mortos e infetou mais de 16,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.