É professora de história do segundo ciclo mas é na culinária que Hannah P. tem vindo a destacar-se nos últimos tempos. A autora do perfil de Instagram Blondie + Rye soma já mais de 160.000 seguidores e tudo por causa dos incríveis, saborosos e coloridos pães que faz nos seus tempos livres. Com água, farinha, fermento, os ingredientes que tem à mão e uma boa dose de improviso, esta norte-americana de Raleigh, a capital do estado da Carolina do Norte, nos EUA, faz salivar.

Hannah P. começou a confecionar pão há cinco anos, quando uma colega de trabalho lhe ofereceu um forno holandês. Chegada a casa, pôs mãos à obra, entusiasmou-se com os primeiros pães que fez e, a partir daí, nunca mais parou. "Meses depois, criava a [conta de Instagram] Blondie + Rye", contou numa entrevista. Algumas das suas criações são artisticamente esculpidas, enquanto outras são decoradas com frutas, legumes e ervas aromáticas, como pode ver de seguida.

O pão é a tela que Hannah P. utiliza para criar a arte comestível que faz e que muitos apreciam diariamente. "Nunca me senti tão entusiasmada e tão inspirada por pão", assume uma das suas seguidoras. "São os pães mais bonitos que já vi", elogia outra. Mais ou menos convencionais, achatados, redondos, com formas e/ou recheados, os seus pães são decorados com motivos florais ou com desenhos abstratos que sofrem uma evolução natural durante a cozedura.

"Na verdade, não me lembro a partir de quando é que a componente visual passou a assumir o controlo das minhas confeções gastronómicas, mas acho que sempre fui um bocado atraída pelo próprio ato de criar", desabafa a padeira amadora, que gosta de tirar partido do colorido dos vegetais que tem à mão. "Sou vegetariana desde os 12 anos. Não sou vegan mas gosto de confecionar pães que poderiam ser ingeridos pelos vegan", confidencia a norte-americana.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.