A lista de ingredientes dos desodorizantes de compra é assustadora e uma boa parte deles é danosa para a saúde. É o caso do alumínio, dos parabenos e do triclosan que se têm vindo a mostrar cancerígenos, desreguladores hormonais, inflamatórios e agressores ambientais. A boa notícia é que para fazer o seu próprio desodorizante natural apenas precisa de um pequeno número de ingredientes, todos eles bastante comuns. Ao contrário dos desodorizantes de compra, que na maioria não deixam a pele transpirar, este desodorizante não o vai impedir.

Para produzir o seu desodorizante doméstico proceda assim:

Coloque ao lume um tacho com 50 g de óleo de coco, 30 g de amido de milho uma colher de sopa de bicarbonato (caso renha a pele sensível, reduza para duas colheres de chá). Quando todos os ingredientes estiverem derretidos e bem envolvidos, retire do lume e acrescente 10 gotas dos óleos essenciais de Árvore do Chá e outras tantas de óleos essenciais de alfazema ou palmarosa.

Coloque num frasco e deixe solidificar antes de usar.

Para utilizar, basta retirar uma pequena porção com as pontas dos dedos e espalhar pelas axilas.

Esta receita durará muito tempo, se quiser pode dividir por dois frascos e reservar um no frigorífico.

Nas casas mais quentes ou no verão, o óleo de coco tenderá a derreter. Nesse caso, junte mais uma colher de chá de amido de milho.

NOTA: se sentir alguma irritação ao utilizar este desodorizante, pare de imediato a sua utilização. Teste primeiro numa pequena área do corpo. As peles mais sensíveis podem não reagir bem ao bicarbonato de sódio, apesar de esta fórmula levar uma quantidade muito pequena, se quiser pode omiti-lo.

Esta receita é parte integrante do livro "Saudável e Sem Desperdício" da terapeuta de medicina chinesa e de naturopatia Sara Oliveira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.