Aos 31 anos, Rihanna conseguiu um feito fantástico. De acordo com a Forbes, a cantora natural dos Barbados tornou-se a mulher mais rica da indústria da música, ultrapassando a 'Rainha da Pop', Madonna.

É um feito que não surpreende, dado o percurso da artista nos últimos anos. Rihanna, que começou a carreira em 2005, tem uma fortuna estimada em 600 milhões de dólares. Além dos dividendos que o mundo da música traz à cantora do tema 'Umbrella', a artista também lucra com a marca de beleza Fenty Beauty e também com a luxuosa marca de moda Fenty.

Para chegar ao topo também na moda, patamar que já alcançou na música, a estrela lançou a marca de roupa em parceria com a LVMH, holding francesa especializada em artigos de luxo. É um feito incrível para o grupo francês e para a cantora, uma vez que a Fenty é a primeira marca que o grupo criou de raiz, desde Christian Lacroix em 1987. Isto também fez com que Rihanna fosse a primeira mulher negra da história a ser responsável por uma casa de moda de luxo, de Paris.

"Nunca pensei que faria tanto dinheiro, por isso não será um número que me levará a parar de trabalhar", disse a artista quando foi questionada sobre a fortuna, numa entrevista concedida ao New York Times Style Magazine. "Não estou a ser guiada pelo dinheiro. Estou a trabalhar no que adoro fazer, naquilo pelo qual sou apaixonada. O trabalho mudará quando a minha vida também mudar, no futuro, e uma quantidade de dinheiro não vai alterar isso", acrescentou ainda a estrela.

Apesar das declarações da cantora, não deixa de ser curiosa a forma como a jovem opta por gastar parte da fortuna.

Clique na galeria e surpreenda-se com a maneira como Rihanna gasta parte da riqueza.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.