No próximo dia 14 de fevereiro assinala-se o Dia de São Valentim, também conhecido como Dia dos Namorados, um dia considerado “especial e ideal” para fazer uma surpresa romântica ou troca de mimos.

No Sal, algumas lojas já se encontram enfeitadas de cor vermelha e branca, com prendas românticas para receber o Dia dos Namorados.

Numa ronda às diferentes butiques da praça, algumas lojistas dizem-se animadas e expectantes com a saída das prendas, preparadas para a ocasião, porque, conforme contam, já se nota alguma lufa-lufa entre casais de namorados, moças e rapazes, à procura de prendas para dar à cara-metade.

“Este ano as pessoas aderiram mais cedo ao movimento de procura de prendas para o Dia de São Valentim, o que traz algum ânimo. Normalmente a gente vendia no penúltimo ou no último dia, mas este ano não”, observa Vanda Graça, proprietária de uma boutique.

Para Vanda Graça, o amor não precisa de uma data fixa no calendário para ser celebrado, mas a verdade é que os casais gostam de aproveitar a efeméride para demonstrar o seu carinho à cara-metade, tendo rapazes e raparigas, senhores e senhoras visitado a sua loja à procura de uma lembrança.

“O amor tem que ser cultivado. É como uma planta, tem que ser regada e tratada… senão morre. E o Dia de São Valentim é justamente para despertar nos casais a chama do amor. Mas o dia do São Valentim deve ser todos os dias para manter e solidificar a relação amorosa”, sublinhou, ainda indecisa aonde vai celebrar a data com o marido e a filha.

Yara Santos, sem namorado, por opção, há cinco anos, disse estar expectante, porque depois desse tempo todo arrumou um apaixonado.

“Há muito tempo que não celebro o Dia dos Namorados. Mas este ano vai ser diferente. Estou ansiosa, não sei como vai ser. Já comprei a prenda para lhe oferecer no jantar a dois”.

Contrariamente a Jandira Lima, que tem namorado, porém ausente desta vez. “Pela primeira vez vou passar esse dia longe do meu namorado. Viajou em missão de serviço, mas quando voltar encontrará a prenda dele reservada para a celebração do dia".

A Câmara Municipal do Sal aproveita, também, a atmosfera romântica do Dia dos Namorados, para assinalar a efeméride com uma feira de artesanato “genuinamente cabo-verdiano” a decorrer de 12 a 14 de fevereiro, na Praça 19 de Setembro, nos Espargos, na qual os apaixonados poderão adquirir “mimos” para presentear a sua alma gémea.

São Valentim é um santo reconhecido pela Igreja Católica e pelas Igrejas Orientais que dá nome ao Dia dos Namorados em muitos países, onde o celebram como Dia de São Valentim.

O nome refere-se a pelo menos três santos martirizados na Roma antiga.