Rob Kardashian entrou com um novo pedido para ficar com a guarda da filha, Dream, de três anos, fruto da relação terminada com Blac Chyna.

Nos documentos entregues anteriormente por Rob, este pedia ao juiz para reduzir o tempo que a filha passa com a mãe, apenas fins-de-semana e com a presença de uma babysitter, pois acredita que a 'ex' é uma má influência para a menina. Aliás, o mesmo acusa Blac de ensinar a filha a interpretar posições sexuais.

Após as acusações, Rob apresentou novos documentos e manteve as alegações feitas anteriormente, mas acrescentou novos detalhes.

De acordo com o Radar Online, o irmão de Kim apresenta agora supostas declarações de babysitters, que dizem que Chyna tem problemas com bebidas alcoólicas.

Rob alega até que havia uma babysitter que costumava chamá-lo com frequência, sem o consentimento de Chyna, para perguntar se este poderia levar a pequena Dream para sua casa.

O membro do clã Kardashian voltou a pedir ao tribunal para obrigar Blac a submeter-se a testes de drogas e que só posso estar com a menina aos fins de semana, na presença de uma babysitter.

Leia Também: Rob Kardashian acusa 'ex' de ensinar "posições sexuais" à filha de 3 anos

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.