Capsule wardrobe

Conheça o novo método que facilita a escolha dos conjuntos para o seu dia a dia. Perceba como organizar e rentabilizar o seu guarda-roupa, seguindo este conceito.

Qual é a grande queixa de todas as mulheres? Não ter nada para vestir!. Mas, de facto essa possibilidade deve-se mais à falta de critério na aquisição das peças, do que não ter de facto roupa suficiente. É necessário ter peças-chave para que um armário de roupa a seja eficaz. Ter muitas peças, mas que pouco se combinam com as restantes, é um desperdício de espaço. Para que isso não aconteça mais chegou o conceito de "Capsule Wardrobe".

A ideia seria juntar uma colecção de peças básicas e intemporais, com peças da estação decorrente. Assim, as pessoas estariam sempre bem vestidas e atuais. Esta ideia surgiu pela primeira vez na década de 70, referida por Susie Faux. Apesar disso, foi apenas em 1985 que o conceito se tornou popular. Mais precisamente quando a estilista Donna Karan lançou uma coleção de 7 peças que se complementavam. O conceito gerou alguns projetos como o 'Project 333', que propunha a realização de um guarda-roupa de 33 peças para utilização em 3 meses.

Como criar o seu guarda-roupa?

Existem adaptações do conceito, propondo a criação de pequenas cápsulas dentro do guarda-roupa. Estas têm de estar de acordo com os sítios frequentados e com a personalidade da pessoa que as usa. Por exemplo, se é uma dona de casa precisará de peças mais confortáveis para se movimentar, mas pode ao mesmo tempo frequentar muitos eventos sociais e assim já irá precisar de duas cápsulas diferentes.

O ideal é que cada peça do guarda-roupa combine com 2 a 5 outras peças, para que se faça o máximo de conjuntos.
As roupas que se combinam apenas com uma peça (ou com uns sapatos), não são versáteis e acabam por apenas ocupar espaço no closet.

Peças como o pijama não contam para as cápsulas.

O que fazer para coordenar o guarda-roupa?

Primeiramente deve tirar um dia inteiro para esvaziar o closet e analisar as peças que tem. Se encontrar peças muito velhas, que já não sirvam ou que já não combinem com o seu estilo, livre-se delas. Assim, já poderá começar a trabalhar com aquilo que precisa e gosta.

Siga estas 8 dicas que irão explicar os passos a realizar para que tenha um closet útil e organizado:

1- Separe as suas cápsulas por estilo de vida, como lazer, trabalho, festa, etc;

2- Estabeleça um número de peças para cada cápsula (já incluindo os acessórios);

3- Comece a separar as partes de baixo. Estabeleça 5 partes de cima (blusas, camisas, casacos...) para cada parte de baixo (calças, saias, vestidos...);

4- Para que o seu guarda-roupa seja equilibrado e eficiente, cada peça deve ser incluída em 3 situações diferentes. Por exemplo, trabalho, lazer e almoço de domingo. Desde de que esteja de acordo com os espaços frequentados pela pessoa;

5- Estabeleça as cores dos seus conjuntos. Isto irá esclarecer se está a transmitir uma mensagem mais informal ou formal. Por exemplo, se escolher coordenações de grande contraste (como amarelo e azul), está a transmitir mensagens mais informais;

6- Utilize cores neutras e cores vivas em cada conjunto;

7- As roupas e os acessórios devem trabalhar em equipa. Assim, os conjuntos serão mais eficazes e podem tornar-se mais versáteis;

8- Para que não se esqueça das suas combinações feitas, fotografe-as.

artigo do parceiro:

Comentários