Taylor Swift testemunha contra DJ acusado de assédio sexual

Foi em 2013 que o DJ, alegadamente, apalpou o rabo da cantora.

Taylor Swift esteve esta segunda-feira no tribunal por causa do caso contra o DJ David Muller, que está a ser acusado de assédio sexual pela artista.

Um assunto que começou a ser falado há quatro anos, quando a artista acusou o DJ de lhe ter tocado no rabo indevidamente, num evento, em junho de 2013.

De acordo com o Daily Mail, que cita a agência de notícias AFP, a cantora esteve no tribunal com os seus advogados para testemunhar contra David Muller.

De referir que, em setembro de 2015, o DJ processou Swift por ter perdido o emprego por causa das especulações sobre o incidente e afirmou que nunca tocou no rabo da cantora.

Por sua vez, Taylor avançou com um processo em tribunal em que acusa David de assédio sexual.

artigo do parceiro: NM

Comentários