Quando é que eles devem começar a usar desodorizante?

Muitos pais têm dúvidas sobre quando devem começar a comprar este produto para os seus filhos. A verdade é que a chegada da adolescência desencadeia odores muito desagradáveis e por isso o melhor é estar atento para que eles não andem por aí a cheirar menos bem.

Com a chegada da puberdade, que geralmente ocorre entre os 9 e 14 anos, os adolescentes tendem a desencadear odores estranhos uma vez que as glândulas sudoríparas começam a formar-se nas axilas, produzindo mais suor. Os pelos axilares começam a nascer neste período e nestes casos a flora bacteriana já é mais permanente pois alimenta-se da oleosidade produzida na raiz do pelo. Este é o momento certo para que os jovens comecem a utilizar desodorizante. No entanto, é necessário cuidados na escolha do produto pois muitos podem causar reações alérgicas.

Os pais devem atrasar o máximo possível o uso dos desodorizantes, ressaltando que somente se deverá recorrer aos produtos de higiene das axilas após o surgimento dos odores desagradáveis, antes disso não é de todo aconselhável a utilização dos mesmos. Os produtos mais adequados são aqueles que não contém na composição álcool e são de evitar aqueles que são antitranspirantes já que estes inibem a produção do suor, o que não deve realmente acontecer pois o suor não deve ser eliminado mas sim controlado. Até mesmo os desodorizantes sem perfume e álcool contêm substâncias químicas que podem causar irritações na pele da criança. Pode optar por produtos específicos para o público infantil, feitos com substâncias apropriadas e testados dermatologicamente.

Nestas idades as crianças ou adolescentes têm peles muito sensíveis e os cuidados devem ser redobrados. Se por acaso o produto escolhido não estiver a fazer o efeito pretendido, o ideal será uma consulta com um dermatologista para diagnosticar e tratar o problema pois pode ser uma questão hormonal.

Cuidados a ter para evitar os maus odores da transpiração das axilas:

Se o seu filho sofre deste problema e tem dificuldade em resolver, consulte um dermatologista;

Pode experimentar um sabonete anti-sético durante o banho mas, use-o só nas axilas da criança;

A zona das axilas deve estar bem seca após o banho;

Manter a pele hidratada;

Em termos de roupas, não é preciso usar roupas “especiais”, mas camisolas interiores anti-alérgicas, já existem no mercado. O que é necessário é ter roupa em que o material base seja o algodão, evitando o poliéster, que faz transpirar mais e é um tecido que produz mais irritações na pele.

Leia ainda:

Não quer que o seu filho minta? Então não lhe faça o mesmo

Torne a sua família amiga da natureza

Acessórios que vão facilitar a vida dos pais

artigo do parceiro:

Comentários