O Universo da Astrologia

Há a velha questão da Astrologia ser Arte ou Ciência.

A Astrologia é uma das mais antigas e fascinantes formas de Conhecimento. Estuda a relação entre o Universal e o Individual, baseando-se no princípio intemporal “O que está em cima é como o que está em baixo...”. Este estudo é feito através da interpretação simbólica da posição relativa dos astros e da Terra.

Desta forma, a Astrologia permite-nos interpretar a nossa relação (o Individual) com o Todo (o Universal). Esta relação não é estática nem linear; ela desenrola-se no tempo. Por isso, só é compreendida na sua totalidade quando estudamos os seus vários momentos, ciclos e etapas. Se tomarmos o indivíduo como o “centro”, teremos esta dinâmica retratada no mapa natal.

Contudo, nem só de indivíduos trata a Astrologia: a perspectiva pessoal (e o “mapa natal”) é apenas uma, entre as múltiplas áreas de estudo que constituem este vasto corpo de conhecimentos.

Há a velha questão da Astrologia ser Arte ou Ciência.

Sentimo-nos tentados a responder: “As duas e nenhuma. Está para além disso”. A Astrologia é uma linguagem simbólica para o estudo da Consciência. As suas “palavras” são os símbolos e os arquétipos. As “frases” que compõe expressam a dinâmica da consciência nos vários momentos, tanto no plano Universal como no Individual.

É uma Metafísica. Estuda a relação do Todo com a Parte, ao longo do Tempo.

A Astrologia devolve-nos aquele sentido de mistério e propósito que muitas vezes perdemos de vista, na confusão da vida diária.

Diz-nos que somos partes do Universo e não algo separado. Diz-nos também que muito do nosso destino, longe de estar escrito num qualquer “Livro de Fatalidades”, depende, em grande parte, do nosso grau de Consciência. Está, por isso, nas nossas mãos.

Estranho? Curioso? Esperamos que sim!

Venha descobrir este universo, através dos vários artigos temáticos que aqui publicaremos regularmente.

por: Luís Ribeiro e Helena Avelar Espaço Astrologia

O que procura?

Comentários