Masturbação feminina: as técnicas

Hoje em dia, é muito importante conhecer todos os centímetros do seu corpo, não só para ter mais prazer no sexo, mas também para sentir bem consigo mesma.

Embora ainda seja um assunto tabu, a masturbação feminina é algo que hoje em diz já devia ser tão banal, como falar de futebol. Se ainda não conhece o seu corpo, saiba o que anda a perder e aprenda as técnicas essenciais para que tire o máximo prazer da sua sexualidade.

Calma - Antes de começar a masturbar-se é importante que descubra o prazer do seu corpo, ou seja, descubra outras zonas onde pode retirar prazer. Desde os seios, à parte interna das ancas ou até mesmo no rabo, o ideal é que descubra quais os sítios que a deixam mais excitada e que não medo nem vergonha de tocar em si. Se não estiver muito à vontade, pode optar por fazê-lo no banho enquanto se lava e depois ao colocar creme hidratante.

Posições - As posições ideias para se masturbar são aquelas em que está mais descontraída, como deitada de barriga para cima, sentada numa cadeira ou até mesmo na ponta da cama. O ideal é que vá alterando estas posições sempre que chegar ao orgasmo, assim não corre o risco de ficar estagnada.

Clitóris - A estimulação do clitóris é sem dúvida a técnica que mais proporciona orgasmos às mulheres e por isso, ao estimulá-lo tem mais oportunidades de ter prazer. Aproveite e coloque um pouco de lubrificante em toda a região intima, para que a sua mão possa deslizar e dar inicio ao prazer. É importante que antes de tocar no clitóris, perca tempo a explorar os grandes lábios, bem como os pequenos.

Leia mais: Masturbe-se para ter mais sexo

Comentários