“Após 11 temporadas sensacionais, despedimo-nos dos nossos jurados, Matt Preston, Gary Mehigan e George Calombaris. Por mais de uma década, o ´Masterchef Austrália` celebrou a nossa comida e tornou realidade os sonhos culinários dos cozinheiros amadores. Agradecemos ao Matt, ao George e ao Gary por fazerem parte deste notável legado do Masterchef!”. Estas são as palavras de despedida que vamos encontrar na página de Facebook do concurso de culinária com 11 edições e mundialmente transmitido.

De acordo com o jornal norte-americano Finantial Times, na sua edição online, os três jurados “deixaram o programa depois de um dos chefes de cozinha, George Calombaris, ter sido multado, por pagar abaixo da tabela salarial aos seus funcionários”.

Entretanto, a australiana Network Ten, afirmou na passada terça-feira que “os três jurados não voltariam na próxima temporada devido ao fracasso num acordo de negociação para uma nova temporada do programa”, lemos no mesmo jornal.

Um anúncio que se segue ao apelo de sindicatos que pediram a a demissão de Calombaris. Isto depois das entidades reguladoras do trabalho terem multado a sua empresa em perto de oito milhões de dólares australianos.

Recorde-se que nos últimos dias foi lançada uma petição online tendo em vista o afastamento de George do programa.

Sublinhe-se que Matt Preston, Gary Mehigan não têm negócios em associação com George Calombaris.

Na sua página no Facebook, Matt Preston despede-se dos milhões de fãs do programa, afirmando que "é com o coração pesado que posso confirmar que a 11 ª temporada foi a nossa última. Estávamos realmente interessados em continuar, mas não conseguimos concordar com todas as condições para o novo contrato. Aproveitamos estes 11 anos maravilhosos no ´Masterchef Austrália` . Quero aproveitar esta oportunidade para agradecer à Dez por esta oportunidade incrível". Matta sublinha, ainda, a amizade que contruíu com os restantes jurados.

Também Gary Mehigan reagiu ao fim do programa na sua página no Facebook. O jurado deixa um "obrigado a todos os fãs, à equipa que faz o ´Masterchef ', a todos os concorrentes que conhecemos e amamos. Sabem que todos fazemos parte de um clube muito exclusivo, e que viagem. Que experiência. Estava na hora de seguir em frente, de ter mais tempo livre para explorar a nossa própria criatividade".

O jurado avança que a partida "nunca foi sobre o dinheiro e nunca será sobre o dinheiro. Não conseguimos chegar a acordo sobre o termo do novo contrato para 2020".

George Calombaris também reagiu ao fim do programa na sua página no Instagram, referindo que o programa “aqueceu os corações, encheu os estômagos e tocou nas nossas almas. Estávamos perto de assinar um novo contrato para a 12ª temporada, mas os termos não estavam alinhados. À Network Canal 10, obrigado por nos fornecer a plataforma para mudar o panorama da cozinha em todo o mundo. Para os próximos três jurados e mentores, desejamos muito sucesso”.

“Ao longo de 11 temporadas sensacionais, o MasterChef Austrália estabeleceu-se como um dos programas de culinária mais populares e respeitados do mundo inteiro. Durante mais de uma década, a série icónica moldou e motivou a paixão do público australiano pela comida e pela cozinha, proporcionando momentos de televisão inesquecíveis e realizando muitos sonhos culinários. Gostávamos de agradecer ao Gary ao George e ao Matt pela sua contribuição ao longo dos últimos anos”, podemos ler no comunicado do canal de televisão Network 10.

O "Masterchef Austrália" estreou a primeira temporada em 2009, mantendo-se até ao presente sempre em exibição. O programa apoia-se num formato de concurso de cozinha. Os concorrentes são eliminados através de provas de seleção culinária, apresentadas perante o jurí composto pelos três elementos que, agora, deixam o programa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.