Quando se planeia uma viagem para o estrangeiro, há que fazer contas não só ao alojamento, refeições e bilhetes para entradas turísticas mas também quanto vamos gastar para nos deslocarmos de um lado para o outro. A não ser que o próximo destino seja o Luxemburgo, porque no verão de 2019 entra em vigor a acessibilidade gratuita em toda a rede pública de transportes.

O governo de Luxemburgo está determinado a travar os grandes congestionamentos de automóveis na cidade, sendo um dos piores do mundo, e, além disso, a preservar o meio ambiente. Comboios, autocarros e elétricos serão gratuitos já no próximo verão, sendo esta uma iniciativa do ministro Xavier Bettel, elemento do partido democrático que formará governo com o Partidos dos Trabalhadores Socialistas de esquerda e com Os Verdes.

Segundo o jornal inglês The Guardian, os condutores que circularam pelas estradas da cidade de Luxemburgo em 2016 gastaram perto de 33 horas parados no trânsito.

Luxemburgo quer dar assim continuidade - agora de forma mais radical - a uma medida que já tinham implementado no passado verão, a de oferecer viagens gratuitas nos transportes públicos aos menores de 20 anos. Falta saber ainda como será gerida a repartição dos utilizadores pelas carruagens de primeira e segunda classe nos comboios.

A cidade conta com uma população aproximada de 110 mil pessoas, mas este número quadruplica nos horários laborais, demonstrando que são muitos os que vivem fora da cidade e todos os dias têm de chegar aos seus trabalhos, daí o grande congestionamento rodoviário.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.