Diana Rodrigues Duarte, mais conhecida por Rossana, é uma artista plástica natural da cidade da Praia que reside há seis anos nos Estados Unidos da América. Em entrevista ao SAPO, a jovem conta que descobriu a sua paixão pela arte ainda na escola primária, mas que foi no ensino secundário que viu que esta era a sua verdadeira vocação.

“A minha paixão pela arte surgiu quando frequentava a escola primária, desenhava personagens dos desenhos animados para os meus amigos. No ensino secundário, o meu professor dava-me projetos de arte para fazer e ficava empolgada. Foi assim que descobri que realmente era boa nisso”, conta e diz que começou a experimentar a arte nas suas mais variadas formas.

Rossana tem 23 anos e é uma artista plástica autodidata e multifacetada. Faz pintura em telas, pinturas faciais e no corpo, na madeira e na parede, faz brincos, relógios e peças em madeira, personaliza t-shirts, sapatos, bolsas, copos, faz autocolantes para carros e paredes e ainda dá aulas de arte para crianças. “Comecei também a fazer chaveiros com resina e estou prestes a aventurar-me na produção de velas aromatizadas”.

Mesmo a viver longe do seu país, a praiense carrega Cabo Verde no coração e isso é transmitido nas suas criações. “Represento o arquipélago em todos os meus trabalhos. Mostro as ilhas, a comida, as praias de mar, o vulcão do Fogo, as paisagens, a bandeira e as suas gentes”, salienta.

As peças da artista plástica encontram-se à venda online e os preços variam dos 400$oo aos 42 mil escudos. “A maioria dos meus clientes é cabo-verdiana e há também americanos”, diz e afirma que a sua arte não é apenas um hobby que ajuda a pagar as contas, mas que é um negócio rentável.

No que se refere a planos para o futuro, Rossana diz que tem muitos sonhos ainda por concretizar, entre os quais ter a sua própria galeria de arte, fazer uma formação em pintura de retratos e cursar Enfermagem. “A minha casa está cheia de telas e outros trabalhos. Há arte por todos os cantos. Adoraria ter o meu próprio espaço de arte para receber clientes, trabalhar e dar aulas de arte para as crianças”, diz.

A artista plástica também sonha em realizar uma exposição em Cabo Verde, algo que já fez apenas nos Estados Unidos da América.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.