Usa objetos do dia a dia para criar imagens divertidas e também para alertar consciências, como foi o caso de um idoso que (re)criou a segurar um balão feito com uma metade de noz, que desenvolveu para chamar a atenção para as pessoas que sofrem de alzheimer. Noelia Medina, uma artista visual espanhola residente em Tomelloso, (re)aproveita pétalas de flores, aparas de lápis, fechos de correr, tampas de lapiseiras e até alimentos para os seus projetos artísticos.

Na plataforma digital Behance, uma rede social criada pela empresa americana Adobe, que artistas de todo o globo utilizam para mostrar ao mundo os (muitos) trabalhos criativos que desenvolvem, a criativa ibérica já soma 1.468 ilustrações originais. "Eu tiro os objetos do seu contexto habitual, brinco com eles e as ideias acabam por me surgir", explica Noelia Medina. Algumas das suas criações artísticas podem ser vistas na galeria de imagens que se segue.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.