Com apoio de uma coalizão de organizações e empresas, o prémio Earthshot irá, anualmente, beneficiar cinco vencedores ao longo dos próximos 10 anos, "com o objetivo de encontrar, pelo menos, 50 soluções para os desafios mais significativos que o mundo enfrentará daqui até 2030", detalhou o Palácio de Kensington em comunicado.

No vídeo de apresentação, o famoso naturalista britânico David Attenborough introduziu a iniciativa como "o prémio ambiental mais prestigioso da História".

O objetivo do príncipe britânico, de 37 anos, o segundo na ordem de sucessão ao trono, é "dissipar o pessimismo atual sobre o meio ambiente e substitui-lo pelo otimismo e a ação", explica.

Serão premiados cientistas, ativistas, economistas, empresas, ou governos que contribuam para propor soluções para a crise do clima, "especialmente para as comunidades mais expostas à mudança climática".

Não foi especificada a data da primeira entrega dos prémios.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.