Comparando com os dois últimos protestos mundiais, os jovens parecem estar mais mobilizados para o protesto desta sexta-feira: Nas duas últimas semanas, realizaram-se manifestações em cerca de 1.500 cidades de 145 países.

O número de cidades aumenta (mais 750 cidades) assim como o número de países (mais oito), entre os quais Portugal que se junta pela quarta vez a estes protestos inspirados na jovem ativista sueca Greta Thunberg.

De acordo com o site “FridaysForFuture”, são esperadas 104.262 pessoas na greve de sexta-feira, que acontece poucos dias antes de se iniciar, em Madrid, a 25.º Conferência das Nações Unidas Sobre as Alterações Climáticas (COP25).

A cimeira do clima vai contar com a presença de Greta Thunberg, a jovem que aos 15 anos trocou as salas de aula pelo chão em frente ao parlamento sueco, onde se começou a manifestar para exigir medidas políticas de proteção do planeta.

Antes de se deslocar para Madrid, a ativista sueca passa por Portugal.

O movimento #FridaysForFuture começou em agosto de 2018 e a mensagem espalhou-se rapidamente, com jovens e adultos a repetir o gesto de Greta Thunberg.

Em Madrid, à margem da COP25, está prevista uma manifestação no dia 06 de dezembro.

Desde agosto de 2018 até agora, já participaram jovens de 6,6 mil cidades de 223 países, segundo o site oficial do movimento.

No total, já se realizaram 63 mil greves climáticas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.