Embora alguns empregadores possam negar um pedido de antecipação dos dias de descanso, existem estratégias para aumentar a probabilidade de conseguir uma resposta positiva. Ajudamo-lo a decidir como proceder, caso se depare com essa situação.

Honestidade

A primeira coisa a fazer é ser honesto. Terá de explicar ao empregador que reservou a viagem numa altura em que não esperava trocar de emprego e tinha a sua vida em andamento com planos em vigor. É melhor mencionar o assunto antes de entrar efetivamente na empresa, para que possa tomar a decisão de forma consciente e com o conhecimento de todas as partes.

Elabore um plano de trabalho

Se ir de férias pouco tempo depois de começar a trabalhar vai afetar os prazos de entrega do trabalho, elabore um plano credível e viável, capaz de dar resposta à sua ausência durante o período de férias. Proponha a realização de horas extraordinárias, conte com a colaboração de um colega ou proponhas soluções para que os prazos sejam cumpridos.

Pese os prós e contras

Se ainda assim a proposta de férias antecipadas lhe foi negada, está na altura de decidir se as férias são assim tão importantes para si. Meça as vantagens do novo emprego, se é uma proposta tão irrecusável assim que o faça perder o investimento feito na compra de voos e marcação de hotéis.

Se comprou um seguro de cancelamento da viagem, pode sempre agendar as férias para uma altura em que possa tirar dias de férias de forma legal. Avalie bem a carreira e pondere se vale a pena um esforço momentâneo, pois os benefícios a nível futuro podem ser recompensadores. E nunca tome decisões de cabeça quente. Deixe passar uns dias e peça ao futuro empregador algum tempo para pensar na decisão.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.