Quando é que foi a última vez que inspeccionou o que leva na mala e retirou aquilo que não é estritamente necessário? Se tem o hábito de ter consigo itens sensíveis e confidenciais, com a possibilidade de precisar deles um dia, pode vir a ter problemas no caso de a perder ou se esta for roubada. Neste artigo deixamos 5 exemplos de itens que deveria evitar ter na sua bolsa de mão.

1. PIN e palavras-chave

Ter pedaços de papel com informações confidenciais, como PINs e palavras-chave é de facto arriscado. Portanto, faça um favor a si próprio e adicione-os à lista do que não guardar na carteira.

Além de perder a sua folha de "cábulas", ainda se vai preocupar caso haja alguma invasão nas suas contas online.

Questões relacionadas com autenticações também devem estar fora da lista de itens que nunca deve levar na mala, como é o caso de informações de identificação pessoal que podem dar pistas de acesso às contas das suas redes sociais (respostas a perguntas como "Qual o seu desporto favorito?" ou "Como se chama o seu cão?").

2. Cheques

Se prefere cheques a um cartão de débito, evite carregar o livro de cheques consigo para todo o lado. Caso contrário, se for assaltado terão um acesso privilegiado ao seu dinheiro. Outra coisa que não deve ter consigo são cheques em branco que, nas mãos erradas, podem ser utilizados para aceder à sua conta rapidamente.

Tenha em atenção que fraudes na sua conta corrente podem ser especialmente difíceis de resolver. Nesse caso, deve reportar o roubo do seu livro de cheques diretamente à polícia e informar as instituições bancárias do ocorrido o mais rápido possível.

3. Múltiplos cartões de crédito

Se tiver na sua carteira, por exemplo, oito cartões de crédito, isso significa que terá que fazer oito cancelamentos caso aconteça algum infortúnio. Quanto mais cartões tiver, mais oportunidades oferece a um ladrão para roubar o seu dinheiro ou informações pessoais. Além disso, terá muito mais trabalho para restabelecer as contas após um roubo.

É recomendável que leve apenas o seu cartão de crédito principal e, talvez, um suplente. Tenha consigo cartões de crédito de retalhistas somente quando for fazer compras a uma dessas lojas. Adicionalmente, verifique também que possui algum registo dos números da conta desses cartões e informações de contacto em casa, caso algum deles seja roubado.

4. Quantias elevadas de dinheiro

Pode dar jeito ter dinheiro levantado na carteira, mas ter consigo uma quantia muito elevada pode ser arriscado. Considere fazê-lo apenas em emergências ou para pequenas compras.

5. Telemóvel desprotegido

Um telemóvel sem palavra-chave ou outro tipo de proteção é bastante perigoso. Na eventualidade de perder a sua mala e o seu aparelho não estar protegido, alguém poderá ter acesso total ao seu email e outras informações pessoais lá armazenadas. Se o seu telefone não tiver a opção de colocar uma palavra-chave, transporte-o num sítio seguro.

Estes são alguns cuidados que deve ter com a sua mala, de forma a proteger as suas informações pessoais presentes em cartões, papéis ou no telemóvel.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.