A organização não-governamental “Dar as Mãos ao Tarrafal de Monte Trigo”, no interior do Porto Novo, Santo Antão, é lançada, oficialmente, a 13 de Dezembro, num ato marcado ainda pela entrega de donativos ao posto de saúde local.

Além de entrega de donativos ao posto de saúde, o ato oficial de apresentação dessa ONG, criada em julho de 2014, vai ser ainda assinalado ainda pelo lançamento da campanha “Ajuda-nos a Ajudar Tarrafal de Monte Trigo”.

Trata-se, segundo a direção de “Dar as Mãos ao Tarrafal de Monte Trigo”, de uma iniciativa que visa recolher apoios a favor a população vulnerável dessa povoação do interior do concelho do Porto Novo.

Jailson Carvalho, representante de “Dar as Mãos ao Tarrafal de Monte Trigo”, disse à Inforpress que vai ser lançado neste domingo, o site dessa ONG, projeto que vai permitir “partilhar perspectivas e ideias” sobre essa localidade, promover as suas potencialidades e divulgar as iniciativas locais.

Tarrafal de Monte Trigo, onde se situa uma das baias mais belas de Cabo Verde (essa baia é uma das sete maravilhas naturais de Santo Antão), é conhecida por “pérola do turismo” em Santo Antão, pelas excelentes potencialidades turísticas que apresenta.

Pesca e agricultura são outros importantes setores da vida dessa localidade.

A ONG “Dar as Mãos ao Tarrafal de Monte Trigo” tem como um dos propósitos “melhorar a vida da gente dessa aldeia escondida” na ilha de Santo Antão, atuando, sobretudo, nas áreas de saúde, educação, ambiente, cultura e social.

A nível a saúde, já beneficiou o posto de saúde com donativos e trouxe, recentemente, especialistas provenientes da Alemanha para consultas, enquanto no social as intervenções têm incidido, até agora, no apoio às crianças vulneráveis com roupas e brinquedos, provenientes da Áustria.