Tem de peso 7,5 gramas e de volume 6,5 centímetros cúbicos. Consegue distinguir perto de dez milhões de cores e soma mais de cem milhões de células. O olho humano é uma “máquina” magnífica, bela, composta por inúmeras estruturas como a córnea, a íris, o cristalino, o corpo vítreo.

O olho seduz há anos um fotógrafo arménio nascido em 1976. Suren Manvelyan, dedica-se desde os 16 anos à fotografia. Em 2006 tornou-se fotógrafo profissional, desenvolvendo esta prática em paralelo com a sua atividade científica no campo da física quântica e matemática.

Entre os muitos interesses no campo da captação de imagem, Suren dedica especial atenção à fotografia marco e, neste âmbito, ao órgão humano responsável por captar a luz refletida pelos objetos transformando-as num sinal processado pelo cérebro. Manvelyan vive fascinado pela beleza do olho humano, fotografando-o com esplendor.

O trabalho deste arménio, intitulado “Os teus lindos olhos”, tem recebido interesse internacional, publicado em revistas e jornais em diferentes países. Suren não fotografa apenas a estrutura do olho humano, mas também o de inúmeras espécies animais. Já o fez centenas de vezes, em três séries de fotografias.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.