A constatação foi feita em declarações aos jornalistas à margem de uma acompanha de sensibilização e desmistificação de “Mitos e Verdades sobres Diabetes”, realizada no Centro de Saúde de Ponta D’Água (cidade da Praia), no âmbito do Dia Mundial da Diabetes, que se assinala hoje, 14 de Novembro.

De acordo com esta responsável, esse aumento foi constatado porque o serviço está a diagnosticar mais casos de diabetes, lembrando que, segundo os dados de 2012, um em cada 10 cabo-verdianos são diabéticos.

“É uma preocupação nacional e do INSP e faz sentido fazer um inquérito para ter os dados sobre a população diabética de modo a se fazer uma luta mais afincada contra o aumento dessa doença em Cabo Verde”, notou.

Para isso apontou a assunção de “acções simples”, que devem ser implementadas nas famílias e nas comunidades para proporcionarem hábitos e estilos de vida saudáveis para evitar essa doença.

“O problema das diabetes tem a ver com as suas complicações, com os pré-diabéticos, com os casos que não manifestam rapidamente, e com a questão da cegueira, porque a doença não foi controlada ou detectada a curto prazo”, indicou a presidente do INSP.

Durante esta campanha de sensibilização, aconteceu uma palestra direccionada para os doentes crónicos do Centro de Saúde de Ponta d’Água, seguida de exames e orientações, pois, o diagnóstico precoce promove um controlo de maneira eficaz para que o doente não seja surpreendido com complicações.

A diabetes é uma doença caracterizada pelo excesso de glicose no sangue, que com o envelhecimento da população e o aumento da obesidade, tem provocado aumento de pessoas com a doença.

Para assinalar a data, a Ordem dos Médios tem, também, na agenda a realização de uma acção de formação sobre Diabetes destinada a médicos.

Existe dois tipos de diabetes: a 1 que surge na infância ou na adolescência e acompanha a pessoa pelo resto da vida e a 2 que aparece com mais frequência em pessoas obesas e sedentárias.

Os sintomas da doença caracterizam-se por exagero no urinar, sensação de sede excessiva, desidratação, fraqueza, cansaço e náuseas.

O Dia Mundial da Diabetes é assinalado este ano sobre o lema “Família e a Diabetes” um repto com a qual a Federação Internacional de Diabetes (IDF) pretende consciencializar a população sobre o impacto que a diabetes tem na família e na necessidade da implementação de uma rede de apoio às pessoas afectadas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.