Segundo o novo balanço, divulgado hoje pelo porta-voz do Centro Integrado de Gestão de Crise, Rui Araújo, Timor-Leste continua com apenas um caso confirmado, com um total de 33 testes com resultado negativo e oito suspeitos ainda à espera de resultados do teste.

No que se refere à quarentena, Rui Araújo disse que 336 pessoas já completaram o período de 14 dias e que as autoridades de saúde continuam a acompanhar tanto as pessoas que chegam a Timor-Leste como as pessoas ainda em quarentena.

“Queremos destacar que nas últimas 24 horas não houve qualquer novo caso suspeito e que mantemos um único caso confirmado”, destacou, no dia em que se cumpre uma semana do estado de emergência declarado por um período de um mês.

Rui Araújo reiterou as recomendações das autoridades de saúde para que se mantenham “em confinamento voluntário, para que evitem sair de casa exceto em casos necessários, mantenham distanciamento e usem máscaras”, intensificando a higiene pessoal.

“Apelamos a toda a população para que se mantenha calma, o nosso trabalho está orientado para que a covid-19 não aumente em Timor-Leste”, disse.

O porta-voz relembrou que o vírus pode, em muitos casos, ser transmitido “por pessoas que não têm qualquer sintoma” e que, por isso, se devem manter as medidas preventivas.

“Mantenham a confiança no Governo e no centro de crise para conduzir o processo de prevenção e mitigação da pandemia da covid-19 em Timor-Leste”, disse ainda.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 57 mil.

Dos casos de infeção, mais de 205 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.