As mortes em Itália associadas ao novo coronavírus SARS-CoV-2 ascenderam hoje às 15.887, após serem registados mais 525 óbitos nas últimas 24 horas, um número ligeiramente inferior face ao registado ontem, indicam os últimos dados da Proteção Civil italiana.

No entanto, o número de contágios registou um aumento de 4.316 pessoas, num total de 128.948 casos positivos da COVID-19, com 3.977 nos cuidados intensivos. O número de casos ativos fixa-se nos 91.246. Já os curados situam-se nos 21.815, ou seja, mais 819 face ao dia anterior.

Recomendações da DGS

A DGS acompanha a situação da expansão do novo coronavírus e recomenda:

  • Em Portugal, caso apresente sintomas de doença respiratória e tenha viajado de uma área afetada pelo novo coronavírus, as autoridades aconselham a que contacte a Saúde 24 (808 24 24 24). Caso se dirija a uma unidade de saúde deve informar de imediato o segurança ou o administrativo.
  • Evitar o contacto próximo com pessoas que sofram de infeções respiratórias agudas; evitar o contacto próximo com quem tem febre ou tosse;
  • Lavar frequentemente as mãos, especialmente após contacto direto com pessoas doentes, com detergente, sabão ou soluções à base de álcool;
  • Lavar as mãos sempre que se assoar, espirrar ou tossir;
  • Evitar o contacto direito com animais vivos em mercados de áreas afetadas por surtos;
  • Adotar medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir (com lenço de papel ou com o braço, nunca com as mãos; deitar o lenço de papel no lixo);
  • Evitar o consumo de produtos de animais crus, sobretudo carne e ovos;
  • Seguir as recomendações das autoridades de saúde do país onde se encontra.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto de COVID-19 espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

A doença matou mais de 65.000 pessoas no mundo inteiro, segundo um balanço da AFP às 08h00, a partir de dados oficiais.

De acordo com a agência de notícias francesa, já foram diagnosticados mais de 1.206.480 casos de infeção pelo novo coronavírus e a pandemia espalhou-se por 190 países ou territórios. Foram consideradas curadas pelo menos 233.300. A Europa soma 47.093 mortos e 642.330 contágios.

Depois de Itália, os países mais afetados são Espanha, com 12.418 mortos e 130.759 casos; Estados Unidos, com 8.503 mortos (312.245 casos); França, com 7.560 mortos (89.953 casos); e Reino Unido, com 4.313 mortos (41.903 casos).

A China continental (sem contar Hong Kong e Macau), onde a epidemia explodiu no final de dezembro, tem 81.669 pessoas contaminadas, das quais 3.329 morreram, e 76.964 se recuperaram totalmente. Nas últimas 24 horas, foram registados 30 novos casos e três mortes.

Em quantidade de casos, os Estados Unidos são o país mais afetado, com 312.245 contaminações oficialmente diagnosticadas, entre elas 8.503 mortes e 15.021 curados.

Portugal regista hoje 295 mortes associadas à COVID-19, mais 29 do que no sábado, e 11.278 infetados (mais 754), segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.