A missão de St. Paul Medical Services, composta por sete especialidades, que presta cuidados médicos a pacientes privados através de uma rede global, chegou domingo à ilha do Fogo, onde vai permanecer durante uma semana, cobrindo também a vizinha Brava.

Depois de uma visita ao hospital, guiada pelo diretor, Evandro Monteiro, os médicos iniciaram as consultas, prevendo-se o atendimento de centenas de pessoas.

A missão integra especialistas nas áreas de urologia, ortopedia, oftalmologia, dentista, anestesista e farmácia e um ginecologista, que chega terça-feira à ilha para se juntar ao grupo, sendo que parte deles vai deslocar-se à Brava para durante três dias atender os pacientes.

O St. Paul Medical Services é uma organização internacional de caridade fundada pela Igreja Copta Ortodoxa com finalidade de prestar cuidados médicos e medicamentos para comunidade carente. Já realizou cinco missões a Cabo Verde, e esta será a quarta deslocação a ilha do Fogo.

O diretor do hospital regional São Francisco de Assis, Evandro Monteiro, disse à Inforpress que a deslocação desses especialistas à região é patrocinada pelo Ministério da Saúde.

Na última missão à ilha do Fogo, a equipa era constituída por dois farmacêuticos, um clínico geral, um dentista e ginecologista.

A equipa efetuou consultas na escola secundária Dr. Teixeira de Sousa, onde 75 alunos foram atendidos pelo clínico geral e 32 estudantes passaram pelo dentista, tendo igualmente ensinado as crianças a efetuarem atividades ligadas ao Natal.

No final deste mês, o hospital regional receberá também a visita de um especialista italiano da área de oftalmologia para, durante duas semanas realizar cirurgias de catarata.

Neste momento, o hospital está a selecionar 200 pacientes que precisam de intervenção cirúrgica, tendo o serviço de oftalmologia solicitado as pessoas diagnosticadas esta patologia pelo hospital para exames prévios todos os dias úteis a partir das 14:00.