A investigação, liderada por Juan Carlos Izpisúa, do Instituto Salk de California, e Pedro Guillén, da Clínica Cemtro de Madrid, utilizou tecnologia de última geração, divulgou hoje a agência noticiosa EFE.

O estudo, cujas conclusões foram publicadas na revista ‘Nature’, comprovou que a proteína DGCR8 desempenha funções que podem ajudar a regenerar os ossos e a cartilagem, além de contribuir para a redução da inflamação de músculos, natural do processo de senescência.

Novos tratamentos

De acordo com a EFE, esta investigação poderia ajudar no tratamento de problemas relacionados com a idade, como a artrose, uma doença que não tem cura e afeta a mobilidade e qualidade de vida de 242 milhões de pessoas em todo o mundo.

Os responsáveis pela investigação reforçaram que esta vai permitir, no futuro, aprofundar o conhecimento dos mecanismos moleculares e celulares que estão associados ao envelhecimento e a muitas doenças degenerativas, divulgou a EFE.

O que é a senescência?

A senescência é o processo natural de envelhecimento ao nível celular ou o conjunto de fenómenos associados a este processo.

A senescência é um processo metabólico ativo associado ao processo de envelhecimento. Ocorre através de uma programação genética que envolve a redução do tamanho dos telómeros e ativação de genes de supressão tumoral.

As células que entram em senescência perdem a capacidade proliferativa após um determinado número de divisões celulares.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.