Os pacientes com 75 e 63 anos, do sexo feminino e masculino, respetivamente, de nacionalidade moçambicana, morreram após agravamento do estado clínico durante internamento numa unidade hospitalar de Maputo.

Segundo a atualização de hoje, o país tem mais 281 casos de covid-19, batendo o recorde de casos anunciados pelo terceiro dia consecutivo, totalizando 5.994 infeções desde que foi declarada a pandemia, há seis meses.

A maioria (156) dos casos hoje anunciada foi registada na cidade de Maputo, seguindo-se a vizinha província de Gaza (76).

As autoridades de saúde reportaram também hoje 86 pessoas totalmente recuperadas, elevando para 3.267 o cumulativo de recuperações (54% do total de casos).

Moçambique já fez 118.657 testes, 1.628 nas últimas 24 horas.

O país regista um cumulativo de 138 pessoas internadas em unidades hospitalares devido à covid-19, das quais 31 em centros de isolamento.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 936.095 mortos e mais de 29,6 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em África, há 33.047 mortos confirmados em mais de 1,3 milhões de infetados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.