Espanha registou 864 mortos com coronavírus em 24 horas, segundo dados do Ministério da Saúde espanhol. O anterior máximo era de 849 mortes, relatado na última terça-feira.

É a quinta vez consecutiva que o número de mortes excede as oito centenas de óbitos. Espanha contabiliza já 9.053 mortes por COVID-19 e 102.136 infeções pelo vírus SARS-CoV-2

Só nas últimas 24 horas, Espanha registou mais 7.719 casos de infeção.

O primeiro caso reportado no país aconteceu a 30 de janeiro. Pelo menos 22.647 pessoas já recuperaram da doença em Espanha, sendo que pelo menos 51.000 estão ou estiveram hospitalizadas.

Atualmente existe quase 5.872 pessoas em unidades de cuidados intensivos, um aumento de 5% face a terça-feira.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia atual, já infetou mais de 828 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 41 mil.

Só na Europa já se contabilizaram mais de 30 mil mortes por causa da COVID-19. Com um total de 30.063 fatalidades (para 458.601 casos), a Europa é o continente mais atingido pela pandemia. Itália (12.428 mortes) é o país europeu mais afetado, seguido por Espanha e França (3.523).

Em Portugal, segundo o balanço feito na terça-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 160 mortes, mais 20 do que na véspera (+14,3%), e 7.443 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 1.035 em relação a segunda-feira (+16,1%).

Dos infetados, 627 estão internados, 188 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.

Como é que o sabão destrói o vírus? Dúvidas e perguntas frequentes sobre a lavagem das mãos

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.