Jael Alves Monteiro falava aos jornalistas após receber uma visita do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que foi se inteirar da capacidade da referida empresa de produção de máscaras comunitárias para as necessidades actuais do País, no contexto da pandemia do novo coronavírus.

Conforme garantiu, as Confecções Alves Monteiro estão devidamente certificadas e preenchem “todos os requisitos exigidos” pelas entidades responsáveis para garantir a produção de máscaras destinadas à população, tendo em conta o contexto da pandemia do novo coronavírus que afecta o país.

“Neste momento estamos a produzir a uma velocidade de seis mil máscaras por dia, começamos a produção na terça-feira passada, então estamos perto de 36 máscaras. Já estamos devidamente autorizados e a partir desta semana vamos começar a distribuição de máscaras”, adiantou, afiançando que a empresa está a cumprir as medidas de prevenção e de distanciamento social no referido espaço.

A empresa, prosseguiu, além de produzir máscaras comunitárias está também a produzir máscaras para os profissionais de saúde, com materiais específicos de protecção, isto tendo em conta que os mesmos estão em contacto directo com o vírus.

O preço das máscaras comunitárias, de acordo com esta responsável, será de 170 escudos, podendo, no entanto, o mesmo sofrer ligeiras alterações.

A Cidade da Praia registou hoje mais 11 novos casos positivos, num total de 13 confirmados pelo laboratório de Virologia do Instituto Nacional de Saúde Pública, o que eleva para 186 o número de pessoas infectadas no país.

De acordo com o boletim clínico do Ministério da Saúde e da Segurança Social, num total de 61 amostras analisadas, 13 testaram positivos, dos quais 11 novos casos todos no concelho da Praia e dois de controlo no Hospital Dr Agostinho Neto.

Cabo Verde passa a contar com 186 casos de infecção pela covid-19, sendo 127 na ilha de Santiago (124 concelho da Praia, dois no Tarrafal e um em São Domingos), 56 na Boa Vista e três em São Vicente.

Destes casos testados positivos há a registar 37 recuperados e duas mortes – um cidadão inglês de 62 anos que se encontrava de férias na ilha da Boa Vista, e uma idosa de 92 anos do concelho da Praia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.