A China, o berço do novo coronavírus, parece ter retardado a epidemia em grande parte. No entanto, as autoridades estão preocupadas que a doença regresse, principalmente do exterior.

O departamento de Jia, localizado a cerca de 800 km de Pequim, na província de Henan, anunciou esta quarta-feira que os seus habitantes não podem deixar as suas casas sem autorização.

De acordo com uma diretiva publicada on-line, apenas pessoas com uma permissão especial podem continuar a trabalhar e os veículos só podem circular em dias alternados dependendo da matrícula. Nenhuma razão oficial foi apresentada.

Uma mulher que visitou o departamento apresentou resultado positivo para a COVID-19 após o contacto com uma pessoa assintomática, de acordo com as autoridades da província. 

Nesta quinta-feira, a China registou 55 novos casos de pessoas que contraíram o novo coronavírus, mas assintomáticas.

Segundo o balanço oficial, o novo coronavírus infetou pelo menos 81.589 pessoas na China, causando 3.318 vítimas fatais.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.