“Até este momento temos 850 doentes recuperados e hoje tivemos um dos maiores números: 78, nomeadamente no Sal (38), Praia (35) Santa Cruz (1) e Santa Catarina (4)”, anunciou Artur Correia, na habitual conferência de imprensa de ponto de situação da covid-19 em Cabo Verde.

O porta-voz do Ministério da Saúde destacou o caso da Praia, na ilha de Santiago, o concelho do país com mais casos de covid-19 acumulados, mas também o que tem mais doentes recuperados, 616 até agora, mais do que os 359 casos de infeção ativa.

Relativamente aos casos ativos, Artur Correia informou que o país tem até este momento um total de 908, dos quais 733 em isolamento institucional e 175 em isolamento domiciliar.

O diretor nacional de Saúde informou na conferência de imprensa que o país registou hoje 60 casos de covid-19 – e não 61 como tinha sido anunciado de manhã em comunicado -, sendo por isso menos um na ilha do Sal.

Com estes novos casos, o país passou a contabilizar um acumulado de 1.779, dos quais 19 óbitos, segundo o diretor nacional de Saúde, que adiantou que os resultados anunciados hoje reportam-se a vários dias, dado que as autoridades estão num processo de “recuperação de amostras atrasadas”.

Em África, há 13.459 mortos confirmados em cerca de 611 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia neste continente.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, a Guiné Equatorial lidera em número de infeções e de mortos (3.071 casos e 51 mortos), seguida da Guiné-Bissau (1.842 casos e 26 mortos), Cabo Verde (1.779 casos e 19 mortos), Moçambique (1.268 casos e nove mortos), São Tomé e Príncipe (736 casos e 14 mortos) e Angola (525 infetados e 26 mortos).

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 573 mil mortos e infetou mais de 13,12 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

RIPE // SR

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.