Os serviços de saúde em Santo Antão, no âmbito das comemorações de Outubro Rosa e Novembro Azul, têm exortado os santantonenses para a necessidade de prevenção do cancro da próstata, mas também do cancro da mama e do colo de útero, uma das doenças que mais matam nesta região.

A delegada de saúde do Porto Novo, Isaulina Delgado, que falava, esta sexta-feira, no término de uma passeata, organizada pelos serviços de saúde locais, para, precisamente, sensibilizar as pessoas para a prevenção do cancro, referiu que esta doença é a que mais mata no mundo, situando-se, também, em Santo Anão entre as principais causas da morte.

“Em Santo Antão, as doenças cardiovasculares estão em primeiro lugar, mas o cancro tem um grande peso nesta ilha. As pessoas, principalmente, os homens, demoram a procurar os serviços de saúde. Por isso, apelamos para a necessidade de prevenção. As pessoas devem procurar os serviços de saúde e fazer o despiste antes da doença”, notou Isaulina Delgado.

A passeata, que teve lugar na cidade do Porto Novo, foi promovida pela Delegacia de Saúde do Porto Novo, em parceria com a Região Sanitária de Santo Antão e com a Associação Unidos na Luta  contra o Câncer de Santo Antão, no âmbito das comemorações de Outubro Rosa e Novembro Azul.

O presidente da Associação Unidos para Luta contra o cancro de Santo Antão, Ernesto Rocha, informou que esta organização está a preparar uma série de actividades visando a sensibilização, mas também o despiste desta doença, que está a preocupar nesta ilha.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.