É uma dieta para fazer todo o ano e não é das mais rigorosas. Baseia-se numa alimentação correta que permite a perda de peso de uma forma gradual mas consistente. Além disso, "por não ser muito restritiva, permite que seja mantida no tempo, de forma a não se recuperar o peso perdido", garante mesmo a farmacêutica Cristina Ramos. Se pretende perder peso de uma forma sustentável, esta é, por isso, uma boa opção.

Trata-se de um plano alimentar de sete refeições diárias, organizado de modo a evitar que sinta fome, privilegiando o consumo de proteínas e hidratos de carbono de absorção lenta, de preferência favorecendo os grelhados e cozidos. Um ponto importante é o melhor controlo emocional da dieta que se consegue com duas refeições livres por semana, em que a pessoa pode comer de tudo, sem grandes exageros.

Os alimentos proibidos

Não são nenhuns, o que acaba por ser uma boa notícia. Contudo, devem-se consumir alguns alimentos apenas nas refeições livres e com moderação, nomeadamente laticínios gordos (natas, manteiga, gelados e queijos gordos), carnes gordas (porco, borrego, pato, enchidos e charcutaria), cereais e produtos refinados (pão branco, cereais de pequeno-almoço refinados, bolachas e biscoitos com açúcar), bebidas alcoólicas e refrigerantes (excepto os light), doces e sobremesas.

O peso que se perde

Cerca de quatro quilos por mês, dependendo do peso inicial e dos hábitos alimentares que tenha. Se praticar exercício físico com regularidade, estará a potenciar os efeitos desta dieta.

Contraindicações a ter em conta

Nenhumas, à exceção de doenças com restrições de alguns alimentos específicos e alergias alimentares.

As (muitas) vantagens desta dieta

Como a sua base é uma alimentação saudável, pode ser utilizada inclusivamente por toda a família, apenas variando as quantidades que cada um consome. Acima de tudo, permite uma reeducação alimentar que favorece uma linha elegante durante todo o ano e para o resto da vida, asseguram os muitos especialistas que, um pouco por todo o mundo, defendem este tipo de abordagem.

O que ingerir em cada uma das refeições

Veja, de seguida, o que deve comer em cada um dos dias para conseguir perder peso:

- Pequeno-almoço

1 batido proteico ou 1 taça pequena de muesli integral com 300 ml de leite magro

- Meio da manhã 

1 barra dietética ou 1 iogurte magro + 1 maçã ou 1 pera

- Almoço

2 bifes de peru grelhados + 1 colher de sopa de arroz + salada de tomate com orégãos e azeite

- Lanche 1

1 barra dietética ou 1 taça de gelatina ou 1 iogurte

- Lanche 2:

Igual à merenda da manhã, 1 barra dietética ou 1 iogurte magro + 1 maçã ou 1 pera

- Jantar

1 sopa de legumes em pedaços com leguminosas ou 1 salada de atum com alface, tomate e feijão verde + 1 ovo cozido ou 1 posta de linguado grelhado + salada verde + cenoura cozida

- Ceia 

1 iogurte magro ou 200 ml de leite morno

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.