1. Atenção  à espessura do alimento

Quanto mais fino /estreito o alimento (ex. batata, peixe ou carne), maior a quantidade de gordura que irá ser absorvida pelo mesmo. Por exemplo, as batatas cortadas em palitos absorvem ¼ da gordura retida pelas batatas às rodelas. Nas carnes e no peixe, opte por postas mais altas e mais grossas.

Clique nas imagens abaixo e saiba como produzir deliciosos chips sem adição de gordura

2. Temperatura regulada

A fritura dos alimentos deve processar-se entre os 170 e os 180ºC. Se o óleo vegetal estiver a baixa temperatura, a penetração de gordura é superior. As temperaturas mais altas aceleram a deterioração dos óleos.

3. Tudo absorvido

No final da fritura, escorra bem os alimentos e use o papel de cozinha para absorver o óleo vegetal em excesso.

4. Use, mas não abuse

Não use o óleo vegetal mais de três a cinco vezes e verifique a sua cor antes de começar, pois assim que este começar a escurecer deve renová-lo imediatamente (se fritar batatas o óleo resiste mais tempo do que se fritar peixe). Antes de o guardar, filtre sempre e guarde-o num recipiente protegido da luz e do ar (tapado).

Maria Paes Vasconcelos (nutricionista)

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.