É um ritual que exige alguma paciência e cuidado, dependendo da região corporal que se esteja a falar. Caso fique mal feita fica sujeito a que tenha alguma comichão, a zona pode ficar propensa a pelos encravados ou algum tipo de incidente. Pode sempre optar por depilação a cera ou a definitiva a laser que proporcionam um maior conforto e tem menos problemas com o suor. Se nenhuma destas são uma opção, leia aqui como pode aparar ou rapar as zonas pretendidas.

Nariz e orelhas
No nariz é mesmo conveniente aparar porque nenhum ser humano fica bonito com pelos de fora. Assim sendo, é conveniente que tenha uma tesoura mais pequena e que corte bastante bem (tipo as de manicure). Se preferir tem também disponível no mercado aparadores próprios para o nariz e orelhas.

Sobrancelhas
Se tem monocelha ou muito pelo entre as duas sobrancelhas faça a si mesmo um favor e compre uma pinça. Não vamos florear a questão... dói um pouco, mas o resultado vale a pena! Tem sempre a hipótese de ir a uma esteticista.

Peito, tronco e costas
Antes de aparar ou rapar, é imprescindível que faça uma esfoliação regular para evitar pelos encravados e irritações.
O ato de aparar não é só 'chegar e fazer'. Inicie por pentear os pelos, uma vez que estes podem ter alguns nós, mesmo que não sejam muito visíveis. Caso seja para aparar terá de ter uma máquina própria, sendo que esta tem várias opções para vários tipos de comprimento. Para não cometer nenhum erro, faça a experiência num lugar pouco visível para testar. Uma nota importante... contrariamente ao barbear, deve aparar no sentido contrário ao crescimento dos pelos e pode ter de passar a máquina algumas vezes caso queira que fiquem bem rentes ao corpo.

Pelos púbicos
Nunca use nada elétrico! A gillette deve ser o objeto a utilizar (limpa e esterilizada), sendo que os passos a seguir são os seguintes:
- Faça a seguir ao banho, uma vez que a água morna torna a pele mais propícia à depilação e faça num lugar onde tenha privacidade e seja cómodo;
- Corte os pelos mais longos com uma tesoura até que fiquem com menos de meio centímetro para evitar entupir a gillette, sendo que deve ir passando a gillette por água para retirar os pelos que vão ficando em cada passagem ;
- Use espuma de barbear porque sempre cobre melhor a área, mas evite algo com cheiro ou de mentol porque podem irritar a pele. Também pode usar sabonete líquido, mas dê preferência aos antibacterianos;
- Estique bem a pele para não se cortar e rape no sentido do pelo: puxe o pénis para baixo e rape a partir da cintura em direção à extremidade, de seguida segure o pénis para o lado e rape as laterais e por fim, segure o pénis para cima e rape a parte inferior;
- Quando terminar lave bem com água para tirar a espuma e depois lave com um sabonete ou gel de banho, seque suavemente com uma toalha e aplique um creme hidratante (aconselha-se um gel de aloe vera).