Longe de ser uma característica de peles adolescentes, a oleosidade é bastante comum em mulheres adultas, quer seja no rosto todo ou na chamada zona T. Este tipo de pele caracteriza-se pela atividade excessiva das glândulas sebáceas que produzem quantidades desnecessárias de sebo, propícias à formação de imperfeições cutâneas. Alguns cuidados básicos ajudam a combater esta condição. Experimente adicionar as dicas que lhe trouxemos à sua rotina e veja as diferenças na sua pele.

Limpeza

A limpeza da sua pele é um dos passos mais importantes da sua rotina. Este hábito evita a acumulação de sujidade e oleosidade normais do dia à dia. Compre um produto de limpeza adequado ao seu tipo de pele e repita este processo todos os dias de noite e de manhã.

Alimentação correta

Uma alimentação correta e equilibrada é meio caminho andado para ter uma pele saudável. A ingestão de alimentos ricos em açúcar e gorduras contribuem para a produção da oleosidade e para o aparecimento de imperfeições na sua pele.

Hidratação

Um erro muito comum é achar que as peles oleosas não precisam de ser hidratadas. Este tipo de pele também podem ficar ressequidas, apesar de não se notar. A hidratação atua na recuperação da vitalidade da pele e no controle da oleosidade de forma contínua. Escolha um creme livre de óleos e adequado para o seu tipo de pele.

Esfoliação e máscaras regularmente

O excesso de sebo produzido mantém as células mortas na superfície da pele, resultando muitas vezes no aparecimento de acne, pontos negros e poros obstruídos. A utilização de esfoliantes e máscaras ajudam a retirar as células mortas e a renovar a epiderme.

Beber muita água

A hidratação é a chave de qualquer pele saudável e luminosa. Beber bastante água durante o dia ajuda a eliminar as toxinas do organismo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.