Foi durante uma entrevista dada à revista GQ que Paul McCartney falou abertamente sobre alguns episódios dos Beatles, partilhando segredos sobre a atividade sexual dos membros da banda.

Durante a conversa, o artista, de 76 anos, contou que a dada altura masturbou-se ao lado do companheiro do grupo, John Lennon, enquanto fantasiavam com Brigitte Bardot.

"Em vez de ficarmos bêbedos… estávamos todos em cadeiras, com as luzes apagadas e alguém começou a masturbar-se. Então todos fizemos", recordou o músico, referindo que isso aconteceu em casa de John com um pequeno grupo de amigos.

Paul explicou ainda que começaram a dizer nomes de pessoas para ajudar a que ficassem excitados. “Dizíamos coisas como: ‘Brigitte Bardot! Whoo!’. E todos aumentávamos o ritmo”, lembrou.

Mas as revelações não ficaram por aqui. McCartney falou ainda dos rumores que adiantavam que o artista, John Lennon e Ringo Starr ouviram George Harrison, quando tinha 17 anos, a ter relações sexuais, mais precisamente quando perdeu a virgindade. No fim, ambos terão aplaudido.

“Acho que é verdade”, disse. “Sei que tínhamos uma cama e dois conjuntos de beliches e se um de nós trouxesse uma rapariga, os outros cobriam-se com um cobertor e não se notava nada, exceto um pouco de movimento. Não sei se foi o George que perdeu a virgindade. Pode ter sido”, acrescentou.

No entanto, o músico negou a existência de orgias no auge da fama, pelo menos garantiu que não esteve envolvido em nenhuma.

“Não havia orgias, pelo menos que eu soubesse”, afirmou "Houve uma vez, quando estávamos em Las Vegas, um dos organizadores da digressão perguntou-nos se queríamos uma prostituta. Todos dissemos que sim. Eu pedi duas e foi uma experiência maravilhosa. Mas foi o mais próximo que eu estive de uma orgia", admitiu ainda.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.