Harry e Meghan Markle passaram por grandes mudanças na sua vida ao longo das últimas semanas, após comunicarem o seu desejo em afastarem-se da família real britânica.

Na altura, os duques de Sussex referiam que não queriam receber mais dinheiro dos contribuintes britânicos, o que na verdade constituía apenas 5% do valor total que recebem anualmente (o restante vem do ducado do príncipe Carlos).

Apesar de irem viver durante metade do seu tempo para o Canadá, os duques continuarão a ver a sua segurança paga por dinheiro público britânico, ou seja, seis seguranças - membros da polícia britânica e canadiana.

Tal acabou por dar origem a uma petição na Internet.

A petição, que conta com mais de 80 mil assinaturas até ao momento, exige que Harry e Meghan financiem os mais de seis milhões de euros anuais gastos neste âmbito. O documento foi criado pela Federação Canadiana de Contribuintes. "Quando se trata do dinheiro que o nosso governo gasta e do dinheiro dos contribuintes é importante colocar isso em contexto e pensar nas nossas prioridades", destacou Laurel Collins, representante da instituição, segundo o The Sun.

"Os canadianos têm o prazer de receber o duque e a duquesa no Canadá, mas deixaram bem claro que os contribuintes não devem ser forçados a apoiá-los enquanto moram aqui", explicou por seu turno Aaron Wudrick, porta-voz da federação.

Também segundo o mesmo jornal britânico, o casal já se ofereceu para custear parte destas despesas.

O palácio ainda não comentou o assunto.

Leia Também: Meghan Markle e Harry tencionam ter a sua própria produtora?

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.