A mudança de Madonna para Lisboa nos últimos dias de agosto de 2017 não influenciou apenas o novo álbum da cantora americana, "Madame X", lançado em junho. Também está a marcar a nova digressão internacional da artista, que arrancou ontem à noite na BAM Howard Gilman Opera House, em Brooklyn, em Nova Iorque, nos EUA. Além de recriar uma casa de fados numa das secções do espetáculo, também se ouve guitarra portuguesa.

Madonna recria casa de fados em Nova Iorque. E também se ouve guitarra portuguesa na nova digressão

As influências lusas não se esgotam, no entanto, ali. "Nessa parte do show, ela usa uma peruca preta e os azulejos que surgem numa das produções fotográficas para a capa do disco são projetados nas escadas montadas em palco. Uma bela utilização da luz e da cenografia", descreveu um dos espetadores ao site de fãs Madonna Adria, sublinhando que, ao cantar "Batuka", um dos novos temas, a cantora americana teve uma preocupação.

"Madonna deixa as [cantoras da Orquestra de] Batukadeiras [de Lisboa] brilhar. A interpretação dessa canção é um momento emocional", assegura o espetador privilegiado, que também pôde ouvir Gaspar Varela, bisneto de Celeste Rodrigues, outro dos artistas portugueses que a intérprete de "Human nature" e "Music" convidou para a acompanhar na nova digressão, que, como pode comprovar de seguida, arranca ao som de "God control".

Como Madonna proibiu a utilização de telemóveis, smartwatches, câmaras e outros dispositivos de gravação de som e imagem, que são selados à entrada, durante os espetáculos, ainda não há registos visuais da "Madame X tour" na internet. Ainda assim, além do alinhamento, já se sabe que a versão de "Like a prayer" que a cantora interpreta é a mesma que apresentou no intervalo do Festival Eurovisão da Canção de 2019, em maio, em Telavive, em Israel.

"Rescue me", uma das canções ensaiadas, ficou de fora. Na versão de "Future", o rap de Quavo foi substituído por uma nova estrofe e "Sodade" de Cesária Évora surge com um arranjo que incorpora elementos do samba. "Faz gostoso", o tema de Blaya que Madonna gravou com Anitta, uma das descobertas da temporada em que viveu em Lisboa, que pode recordar na galeria de imagens que se segue, também não integra o alinhamento.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.