A relação de Katy Perry e Orlando Bloom já passou por várias fases, umas boas - como a que decorre atualmente, e outras más. Foi precisamente um dos piores momentos que a cantora recordou durante uma entrevista, ao revelar em que chegou a pensar em acabar com a própria vida.

A artista explicou que tudo aconteceu em 2013, pouco tempo depois de lançar o álbum 'Prism'.

"A minha carreira estava nesta trajetória de crescimento, a evoluir e a evoluir, quando sofri esta virada, não muito grande da perspetiva exterior. Mas para mim foi calamitosa", recordou.

Katy explica que tinha investido muito no relacionamento, sendo que a separação deixou-a completamente destroçada.

"A gratidão foi provavelmente o que me salvou a vida, porque se não tivesse descoberto isso, afundaria na minha tristeza e provavelmente desistiria", sublinhou.

Atualmente, grávida pela primeira vez (precisamente de Orlando Bloom), Perry assegura que está numa fase positiva a nível de saúde mental, mas não deixa de frisar que esta é uma área que requer uma atenção e desenvolvimento constante.

Leia Também: Katy Perry ainda não escolheu o nome da filha. Eis o motivo

*Se estiver a sofrer com alguma doença mental, tiver pensamentos auto-destrutivos ou simplesmente necessitar de falar com alguém, deverá consultar um psiquiatra, psicólogo ou clínico geral. Poderá ainda contactar uma destas entidades:

SOS Voz Amiga (entre as 16h e as 24h) - 213 544 545

Conversa Amiga (entre as 15h e as 22h) - 808 237 327 (Número gratuito) e 210 027 159

SOS Estudante (entre as 20h e a 1h) - 239 484 020

Telefone da Esperança (entre as 20h e as 23h) - 222 080 707

Telefone da Amizade (entre as 16h e as 23h) - 228 323 535

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.