Depois de se terem desentendido por diferentes posições em relação à política, os irmãos Thiago e Bruno Gagliasso continuam de relações cortadas.

A informação foi confirmada por Thiago, esta quinta-feira, durante o 'Programa Pânico', da rádio Jovem Pan, como relata a revista Quem.

"Não nos falamos, mas isso é momento. Daqui a pouco volta. A polarização é tão bizarra que ele foi para a Netflix participar numa série. E eu sou fã dele como ator e irmão. E perguntaram-me se eu não ia parar de assistir à série porque ele ia participar", disse Thiago.

"Eu não era fã do Bolsonaro. Nem conhecia tanto de política [...]. E eu nunca vi o meu irmão como um ator da 'lacrosfera'. Porque ele é empresário, tem negócios. Então, na minha cabeça, bater na hashtag '#EleNao' não significava bater nessa classe. Aí tomou uma dimensão bizarra", completou.

Leia Também: Bruno Gagliasso deixa a Globo ao fim de 18 anos de trabalho

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.