Halle Berry tem uma razão muito pessoal para oferecer-se para o Centro Jenesse , o programa mais antigo de intervenção contra a violência doméstica nos Estados Unidos. A famosa actriz vencedora de um Óscar afirma ter sido vítima de violência doméstica, segundo o site Entertainment News.

"Sou vítima de violência doméstica ", disse a actriz na gala do evento do referido centro que a reconheceu pelo seu trabalho na instituição. ”Eu não era casada com um homem que me bateu , mas a minha mãe sim, e por isso cresci num clima violento onde a violência era uma constante”, admite.

Halle tinha apenas 5 anos de idade, quando a sua mãe era espancada pelo marido diariamente: “Infelizmente presenciei tudo. Vi a minha mãe a ser empurrada pelas escadas abaixo e perder os sentidos, e ao acordar receber uma garrafa de vinho na cabeça. A violência durou muito tempo, e a minha irmã e eu tentávamos defendê-la como podíamos mas era um homem forte. Ele quebrou o meu coração”

A actriz começou a ajudar o centro há 15 anos: ”A razão pela qual eu digo que esta organização é a minha vida, é porque eu entendo o bem que faz e isso muda a vida e o impacto que tem sobre as mulheres e as crianças em nossa comunidade ", disse Berry.

Outras personalidades também foram homenageados por seus esforços de caridade, incluindo Amy Poehler, Rosa, Ewan McGregor, Aaron Paul e sua esposa, Lauren Parsekian, Christina Applegate, Josh Hutcherson e Zendaya.

SAPO

25/02/2015

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.