A modelo Gigi Hadid pode ser indicada pela justiça como uma das juradas do caso do produtor Harvey Weisntein, 67 anos, acusado de abusos e assédio sexual.

A modelo, de 24 anos, esteve esta segunda-feira, dia 13, no tribunal de Nova Iorque para comparecer naquele que é o quinto dia de seleção do júri, adianta o site TMZ.

Ao deixar o tribunal, a famosa modelo recusou-se a falar sobre o caso. Além de Gigi, mais de 100 potenciais jurados preencheram questionários para determinar se seriam ou não escolhidos.

Na audiência, em que permaneceu sentada a apenas seis metros de distância de Weinstein, a norte-americana admitiu que conhecia o produtor mas garantiu sentir-se “capaz de manter a mente aberta para os factos".

Leia Também: Juntos novamente? Gigi Hadid e Zayn Malik fotografados de braço dado

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.