Antes de terminar mais um 'Jornal das 8', José Alberto Carvalho explicou a todos os telespectadores que iria retirar-se dos estúdios para cumprir o seu isolamento social nas próximas duas semanas.

"A cobertura jornalística da pandemia prossegue na TVI, como em tantas outras redações, por uma razão simples, é esta a nossa missão. A propósito disto, permito-me partilhar duas reflexões no final destas duas últimas semanas particularmente intensas", partilhando de seguida a sua dor.

"Hoje foi sepultada uma pessoa da minha família, que sempre foi muito importante na minha vida. Sucumbiu aos 93 anos, não foi vítima da Covid-19, mas o vírus impediu-me que me despedisse dela. A cerimónia fúnebre foi reduzida com meia dúzia de pessoas, sem um abraço de conforto, sem o pegar na mão para dizer força. O vírus rouba-nos até esta exigência moral da humanidade que é despedirmo-nos dos nossos mortos e nunca, nem nos campos de batalha mais sangrentos, se deixam os mortos para trás”, desabafou.

As emotivas palavras do jornalista prosseguiram com o mesmo a destacar o trabalho dos profissionais de saúde, que neste momento não podem aproximar-se dos seus familiares, mesmo os mais próximos, por precaução, para impedir a propagação do novo coronavírus.

"Sei de um médico que alugou uma caravana e tem estacionada ao lado de casa para não contagiar ninguém e para, pelo menos, poder acenar aos filhos e ver-lhes o rosto pela janela. Há médicos nas unidades de cuidados intensivos, não a tratarem dos doentes, mas eles próprios a receberem cuidados porque são vítimas da doença", contou, mas não ficou por aqui.

"É imoral pedir aos médicos que salvem vidas, bater-lhes palmas das janelas das varandas e depois sair de casa sem razão, muito menos para ver como está o tempo”, afirmou.

José Alberto Carvalho continuou referindo que vai continuar sem poder "sentir o toque dos filhos por precaução, pelo menos, nas próximas duas semana. Uma reflexão que terminou com as seguintes palavras: "Cada dia é uma vitória contra o vírus”.

Veja na íntegra:

Leia Também: "Juntos vamos conseguir": José Carlos Pereira une-se ao filho em luta

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.