O Instagram censurou uma publicação de Madonna que destacava uma teoria da conspiração em relação ao novo coronavírus.

Na legenda do vídeo, a cantora alegou que já tinha sido "encontrada" uma vacina contra a Covid-19 e que a mesma já estaria "disponível há meses". "Eles preferem deixar o medo controlar as pessoas e deixar os ricos mais ricos e os pobres mais pobres", acrescentou.

De acordo com o The Guardian, o vídeo mostra a Dra. Stella Immanuel, médica em Houston, Texas, que afirma que já tratou de 350 pacientes com Covid-19 com hidroxicloroquina.

Imagens que o Instagram desfocou e colocou a legenda: "Informações falsas". Além disso, direcionou os internautas para uma página que desmentia as alegações, esclarecendo que atualmente ainda não há uma vacina contra o novo coronavírus. Mais tarde, o vídeo acabou por ser eliminado.

O jornal relata ainda que, antes de ser excluída, a publicação contou com muitas críticas, entre elas da estrela pop Annie Lennox. "Isto é uma loucura! Não acredito que tu estejas a propagar este charlatanismo perigoso. Espero que o teu site tenha sido invadido e que estejas prestes a explicar isso", comentou.

De referir que Donald Trump Jr foi proibido de publicar no Twitter durante 12 horas depois de ter partilhado o mesmo vídeo que Madonna.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.