Bruna Marquezine foi uma das celebridades que deixou de seguir Marina Ruy Barbosa no Instagram, depois da enorme polémica em que esta última foi acusada de trair o marido e acabar com o casamento de um colega de profissão.

Procurando esclarecer os rumores que surgiram após a sua atitude, Marquezine partilhou no seu Twitter um texto onde explica o que a levou a deixar de seguir a colega.

"Entendo que algumas pessoas podem ter feito uma leitura equivocada e um tanto cruel de um simples ‘unfollow’, inclusive a própria Marina. Por isso, desculpei-me com ela caso ela tenha entendido como um ataque ou julgamento", assim começa o seu longo desabafo, onde garante não ser amiga de Marina Ruy Barbosa.

"É muito chato ter que explicar isto a pessoas que não conheço e que certamente não se importam verdadeiramente e só querem apontar dedos, mas eu e Marina não somos amigas por falta de identificação, tentamos e não deu certo e TUDO BEM. Vocês não sabem de muita coisa", acrescentou.

"Já disse que não considero follow amizade, assim como não considero like afeto, assim como não considero unfollow ‘eu odeio-te’, ou falta de sororidade ou julgamento ou ‘boicote’ como vocês interpretaram", concluiu, reforçando que o seu gesto acabaria por acontecer mais cedo ou mais tarde.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.