A obsessão de Cher pela juventude pode chegar muito mais longe do que se imaginava, mesmo para além da morte, relata a imprensa internacional.

Segundo o Radar Online, a cantora de 72 anos pretende que o seu corpo seja congelado e preservado ao fim de morrer através da criopreservação.

"Ela acha que trabalhou muito com os médicos e adotou um estilo de vida saudável para parecer décadas mais jovem do que é, por que não continuar assim quando morrer?”, afirmou uma fonte à publicação.

Importa lembrar que em 2017, a artista viu-se obrigada a cancelar alguns dos seus espetáculos na sequência de uma gripe e de um grave vírus que a deixou em risco de vida.

Após esta provação, a cantora quer agora dedicar-se ao máximo a esta causa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.