A relação de confiança entre pais e filhos não se estabelece com os adultos a colocarem-se ao nível das crianças ou dos adolescentes. Isso é para os amigos. Um bom pai pode até ser um bom amigo, mas não pode deixar que isso influencie a sua autoridade.

Quando os pais se comportam como amigos dos filhos, ocorrem por vezes situações de total descrédito para os adultos, sublinha um artigo da hacerfamilia.com, que desaconselha os pais a terem conversas com os amigos dos filhos – isso pode quebrar o respeito que o jovem deve aos educadores. A principal função dos pais, recorde-se, é serem um exemplo de conduta e de confiança, e não mais uns jovens inexperientes como os filhos.

Se sente que a confiança que o seu filho em si ficou abalada por algum episódio, não desespere. É possível ganhar ou reconquistar essa confiança. Aqui ficam sete pistas para cumprir esse objetivo.

  1. Dê o primeiro passo. Nunca é tarde, embora seja mais difícil à medida que o tempo vai passando.
  2. Valorize o que é importante. Pare para pensar no que sabe sobre o seu filho, sobre os gostos e projetos dele e sobre o que ele admira acima de tudo. É importante conversarem e planearem atividades conjuntas para consolidar a confiança e a amizade.
  3. Preocupe-se com as coisas dele. É bom que possam conversar sobre qualquer tema sem atitudes de reprovação. Procure aconselhá-lo sem censurar. Ele está disposto, mesmo que não o diga, a ouvir a sua opinião.
  4. Respeite a privacidade. Não tente arrancar confidências ao seu filho com recurso a interrogatórios.
  5. Abra-se com o seu filho. De vez em quando, fale-lhe sobre as suas ideias e projetos (profissionais ou não), as suas alegrias ou tristezas. Isso ajuda a criar intimidade. Só podem aproximar-se um do outro se cada um abrir o coração e a cabeça.
  6. Mostre-se disponível. É importante que o seu filho veja em si alguém com quem pode contar.
  7. Peça-lhe a opinião sobre assuntos sérios. Preste atenção aos conselhos que ele lhe dá, pois, apesar de ser menos experiente, pode dizer-lhe coisas muito úteis e pertinentes. Mantenha-o informado sobre o desenrolar do processo de que lhe falou e explique o que fez com a opinião que ele lhe deu. É uma forma de mostrar que confia nele.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.